Protestos no Irã chegam ao futebol e afetam a seleção antes da Copa do Mundo

Por Luiz Vendramin Andreassa O Irã tem um dos sistemas políticos mais fechados e autoritários do mundo. Ainda assim, de tempos em tempos, as autoridades enfrentam – e reprimem – manifestações de descontentamento da população. Desde setembro, uma dessas erupções preocupa os governantes. O calor promovido por ela transbordou fronteiras, chegou a outros países e tem afetado o futebol iraniano a poucas semanas da Copa … Continuar lendo Protestos no Irã chegam ao futebol e afetam a seleção antes da Copa do Mundo

Sócrates ergue o punho em jogo do Corinthians durante a época da Democracia Corinthiana

Idelber Avelar: “é uma grande bobagem dizer que política e futebol não devem se misturar”

Por Luiz Vendramin Andreassa Se você fizer uma leitura rápida, provavelmente vai estranhar um site sobre futebol e política entrevistando um professor de literatura latino-americana. Mas, se esse professor for Idelber Avelar, não há motivos para estranhamento. Conhecido por seus textos e artigos sobre variados temas – seja em blogs, nas redes sociais ou em grandes veículos de imprensa – esse atleticano fanático tem total … Continuar lendo Idelber Avelar: “é uma grande bobagem dizer que política e futebol não devem se misturar”

Trabalhdores em obra da Copa do Mundo do Catar 2022

Por que não nos importamos com as violações de direitos humanos na Copa do Mundo do Catar?

Por Luiz Vendramin Andreassa Desde o momento em que Joseph Blatter, então presidente da Fifa, abriu o envelope e tirou de dentro dele uma folha com o nome “Qatar”, o mundo voltou seus olhos – e suas críticas – ao pequeno país do Oriente Médio. Era noite de 2 de dezembro de 2010 e aquela cerimônia oficializava o Catar como primeira nação árabe a ter … Continuar lendo Por que não nos importamos com as violações de direitos humanos na Copa do Mundo do Catar?

frança argélia futebol política história amistoso

França x Argélia: o jogo de futebol que não terminou e as feridas que não fecharam

Por Luiz Vendramin Andreassa Aos 20 minutos de jogo, Robert Pirès arrancou pela direita e cruzou rasteiro para o meio da área, onde Candela apareceu sem marcação, bateu forte e abriu o placar para a França diante da Argélia. Thierry Henry, que desfilava com a camisa do Arsenal pelos gramados da Inglaterra, descolou ótimo passe para Emmanuel Petit chutar cruzado, vencer o goleiro Mezair e … Continuar lendo França x Argélia: o jogo de futebol que não terminou e as feridas que não fecharam

futebol internacional racismo política observatório da discriminação racial no futebol

Da punição aos clubes ao investimento em diversidade: as propostas de Marcelo Carvalho, do Observatório Racial do Futebol

Por Luiz Vendramin Andreassa Se hoje debatemos o racismo no futebol com mais frequência, muito se deve ao trabalho do Observatório da Discriminação Racial no Futebol. Essa afirmação, por mais que seja verdadeira, não ilude Marcelo Medeiros Carvalho, fundador e diretor do projeto: segundo ele, seria pretensão demais se orgulhar disso. Porém, quem acompanha o esporte na imprensa já deve ter visto Marcelo ou escutado … Continuar lendo Da punição aos clubes ao investimento em diversidade: as propostas de Marcelo Carvalho, do Observatório Racial do Futebol

william de lucca palmeiras futebol política preconceito homofobia ativismo jornalismo

William De Lucca: falta muito para que estádios recebam pessoas LGBTs sem riscos

Por Luiz Vendramin Andreassa William De Lucca não estava se sentindo confortável no Allianz Parque, apesar da vitória tranquila que o Palmeiras aplicava no São Paulo ainda no primeiro tempo naquele 8 de março de 2018. Parte da torcida alviverde resolveu provocar os rivais e acabou ofendendo um dos seus, levando-o ao desabafo no Twitter. “A torcida do Palmeiras, em sua homofobia típica, canta que … Continuar lendo William De Lucca: falta muito para que estádios recebam pessoas LGBTs sem riscos

megan rapinoe, futebol, futebol feminino, copa do mundo, seleção americana, estados unidos, donald trump, ativismo, política, homossexualidade, machismo

O ativismo de Megan Rapinoe, da luta por salários iguais à contenda com Trump

Por Luiz Vendramin Andreassa Megan Rapinoe é um personagem raro no futebol. Inconfundível em campo, com seu cabelo curto loiro ou, mais recentemente, rosa, ela comandou o quarto título de Copa do Mundo dos Estados Unidos brilhando dentro e fora de campo. Já é quase uma rotina para ela: destruir equipes adversárias com seus gols em um momento (foram seis na edição que se encerrou … Continuar lendo O ativismo de Megan Rapinoe, da luta por salários iguais à contenda com Trump

mohamed salah liverpool estudo tolêrancia precoceito islamismo muçulmano imigrantes xenofobia islamofobia torcedores torcida política

As evidências do “efeito Salah”: como o jogador tem tornado torcedores mais tolerantes

Por Luiz Vendramin Andreassa O amor pelo futebol faz com que muitos de seus admiradores procurem ressaltar seus efeitos benéficos para a sociedade.“Não é só um jogo”, “muito mais do que futebol” (nome de um ótimo podcast, inclusive) e “mais que um clube” são frases usadas para expressar essa crença. Entretanto, é difícil apontar evidências concretas dessa suposta influência, uma vez que a maioria das … Continuar lendo As evidências do “efeito Salah”: como o jogador tem tornado torcedores mais tolerantes

Henrikh Mkhitaryan arsenal chelsea liga europa Ilham Aliyev uefa europa league final azerbaijão baku armênia nagorno-karabakh Nikol Pashinyan geopolítica guerra política

A geopolítica dentro de campo: o conflito que tirou Mkhitaryan da final da Liga Europa

Por Luiz Vendramin Andreassa No dia 21 de maio, o Arsenal divulgou oficialmente o desfalque do meia Henrikh Mkhitaryan na final da Liga Europa, nesta quarta-feira (27), contra o Chelsea. O motivo não era uma escolha do treinador Unai Emery nem uma contusão ou problema físico do jogador, mas uma decisão pessoal ligada a uma disputa geopolítica. Foi quando a imprensa mundial, incluindo a brasileira, … Continuar lendo A geopolítica dentro de campo: o conflito que tirou Mkhitaryan da final da Liga Europa

serginho futebol racismo deixar o gramado preconceito

Deixar o campo é uma forma efetiva de combater o racismo no futebol?

Por Luiz Vendramin Andreassa A vida de Raheem Sterling é cheia de acontecimentos precoces. Quando tinha apenas dois anos de idade, perdeu seu pai, assassinado com uma arma de fogo. Aos seis, foi levado por sua mãe da Jamaica, onde nasceu, para Londres, uma decisão que mudaria sua história para sempre. Com dez, começou a jogar nas categorias de base do Queens Park Rangers e, … Continuar lendo Deixar o campo é uma forma efetiva de combater o racismo no futebol?