Henrikh Mkhitaryan arsenal chelsea liga europa Ilham Aliyev uefa europa league final azerbaijão baku armênia nagorno-karabakh Nikol Pashinyan geopolítica guerra política

A geopolítica dentro de campo: o conflito que tirou Mkhitaryan da final da Liga Europa

No dia 21 de maio, o Arsenal divulgou oficialmente o desfalque do meia Henrikh Mkhitaryan na final da Liga Europa, nesta quarta-feira (27), contra o Chelsea. O motivo não era uma escolha do treinador Unai Emery nem uma contusão ou problema físico do jogador, mas uma decisão pessoal ligada a uma disputa geopolítica. Foi quando a imprensa mundial, incluindo a brasileira, passou a falar de … Continuar lendo A geopolítica dentro de campo: o conflito que tirou Mkhitaryan da final da Liga Europa

pierre kompany vincent kompany bélgica futebol política congo zaire prefeito negro grashoren colonização rei leopoldo II política

De refugiado a prefeito: como o pai de Kompany fez história na política da Bélgica

Vincent Kompany costuma usar seu perfil no Instagram para postar imagens de sua atuação como jogador do Manchester City e da seleção da Bélgica. Entretanto, no dia 14 de outubro, o zagueiro apareceu em vídeo ao lado de seu irmão François para passar uma mensagem diferente. “História! Estamos muito orgulhosos de você, pai. Veio do Congo, como refugiado, em 1975. Agora ganhou a confiança da … Continuar lendo De refugiado a prefeito: como o pai de Kompany fez história na política da Bélgica

brasil sociedade cultura futebol política democracia igualdade Roberto DaMatta A bola corre mais que os homens Seleção brasileira país nação

Como o futebol colaborou para a democracia no Brasil, segundo Roberto DaMatta

Sempre que uma Copa do Mundo se aproxima, alguns brasileiros gostam de reviver uma tradição: acusar o futebol de ser instrumento de “alienação”, uma forma de distrair as massas daquilo que realmente importa – a política, a corrupção ou o que for. A situação seria como uma paródia da canção “Vai passar”, de Chico Buarque: “Torcia / A nossa pátria mãe tão distraída / Sem … Continuar lendo Como o futebol colaborou para a democracia no Brasil, segundo Roberto DaMatta

seleção inglesa inglaterra alemanha seleção alemã saudação nazista nazismo segundo guerra mundial stanley rous stan cullis

O dia em que a seleção inglesa fez a saudação nazista – e o jogador que se opôs a isso

O futebol, em certas ocasiões, pode ser usado como ferramenta diplomática. Stanley Rous, secretário da FA (a Federação Inglesa de Futebol), sabia disso quando fez o insólito pedido aos jogadores da seleção da Inglaterra: antes do apito inicial daquele amistoso contra a Alemanha, eles deveriam levantar a mão direita e fazer a saudação nazista. Era 14 de maio de 1938 e o mundo vivia as … Continuar lendo O dia em que a seleção inglesa fez a saudação nazista – e o jogador que se opôs a isso

Kylian Mbappé mesut özil ozil alemanha frança turquia copa do mundo preconceito xenofobia imigrante imigração sociedade política futebol

Mbappé, Özil e as contradições do futebol que integra e exclui imigrantes

Quando Emmanuel Macron beijou a testa de Kyllian Mbappé, às vistas do Estádio Lujniki e de bilhões de pessoas em todo o mundo, houve algo de simbólico. O gesto de carinho do presidente francês para com o jovem camisa 10, filho de um camaronês e de uma argelina, coroava a conquista da Copa do Mundo por uma seleção que tinha quinze descendentes de imigrantes (a … Continuar lendo Mbappé, Özil e as contradições do futebol que integra e exclui imigrantes

Vsevolod Bobrov, urss, união soviética, ussr, futebol, política, rússia, história, cska, cdka, moscou

Como a URSS cooptou os clubes de Moscou para exaltar suas instituições

Em seu Dicionário de Política, o cientista político italiano Norberto Bobbio escreveu que totalitarismo é um “modo extremo de fazer política, […] que penetra e mobiliza uma sociedade inteira ao mesmo tempo que lhe destrói a autonomia”. Uma das duas experiências de Estado totalitário apontadas pelo livro é a União Soviética de Josef Stalin, que a comandou entre 1922 e 1953, ano de sua morte. … Continuar lendo Como a URSS cooptou os clubes de Moscou para exaltar suas instituições

haiti brasil seleção brasileira futebol política copa do mundo

As origens do amor dos haitianos pela Seleção e como ele foi usado na política

Quando é feita a associação entre o Haiti à Seleção Brasileira, quem acompanha o futebol há alguns anos lembra imediatamente do amistoso realizado em 2004, o Jogo da Paz. Mais do que a partida em si, vencida por 6 a 0 pelo escrete nacional – com gols de Ronaldinho Gaúcho, Nilmar e Roger Flores, camisa 10 naquele dia –, as imagens que marcaram o evento … Continuar lendo As origens do amor dos haitianos pela Seleção e como ele foi usado na política

futebol política futebocracia

Por que futebol e política?

Pra algumas pessoas, esporte e política são como água e óleo: definitivamente não se misturam, ou pelo menos não deveriam. Há, por outro lado, quem pense diferente. Há quem veja no esporte a expressão e a expressão do que acontece na sociedade, e vice-versa. No Brasil, nenhuma modalidade faz isso com mais precisão do que o futebol. Grande paixão nacional, ele pode explicar o país, … Continuar lendo Por que futebol e política?